Skip to content

Vox Night Train

June 25, 2010

Hoje vou falar um pouco sobre este pequeno monstrinho, o Vox Night Train.

O Vox Night Train é um amp all tube, com duas 12ax7 no preamp e duas EL84 no power, resultando em 15W de potência.

Os controles do amp são simples, porém funcionais. O primeiro knob é o de ganho, que regula a saturação do preamp. Logo em seguida há os controles de agudo, médio e grave, e por fim o volume. Este amplificador possui ainda uma chave “bright/thick”.

A alternância ente os modos revela dois timbres bastante distintos. No modo bright, ouvimos aquele som mais brilhante e cortante, tradicionalmente ouvidos em diversas gravações com Vox. Neste modo, os controles de equalização são bem ativos, sendo possível uma ótima sintonia fina no timbre. Além disso, o ganho neste modo é consideravelmente menor. É muito fácil tirar um timbre bem limpo. Já no modo thick as coisas mudam um pouco. O nível de ganho é bem mais alto, saturando mesmo em regulagens mais conservadoras. O timbre ganha um corpo maior, porém sem perder o brilho característico Vox. É interessante ressaltar que neste modo há bypass do tone stack. Não há controles de equalização.

No painel traseiro existem duas saídas para caixa, 8 e 16 ohm.

A caixa vendida como par deste amp é dotada de alto-falante de 12″, um Celestion Greenback (G12M), semi-aberta (1/3 aberta). Considero o conjunto bastante equilibrado, resultando num voicing muito agradável aos ouvidos, e fácil de timbrar.

O cabeçote ainda vem com um prátigo bag, facilitando muito o transporte do amp.

Bom, seguem dois videos gravados com o Night Train. No primeiro usei a Fender Telecaster American VIntage 52RI, no modo Bright. No segundo video, a Gibson Les Paul Standard, no modo thick.

Espero que apreciem.

Valeu!

Advertisements
13 Comments leave one →
  1. Gustavo Menezes permalink
    June 30, 2010 1:28 pm

    Fernando,

    Curti muito teu site. Vc, como sempre, posta comentários e reviews excelentes sobre equipos. Curto muito tb seu timbre e sua disponibilidade em dividir conhecimentos. Muito bom, cara!

    Espero poder ler mais posts seus por ai!

    até!

    gustavo

    • Fernando permalink*
      July 3, 2010 8:52 pm

      Valeu demais, Gustavo!
      Vou manter a assiduidade nos posts, pode ter certeza
      Abração, bro!

  2. regenio Mahfuz Herbstrith Segundo permalink
    February 11, 2011 8:43 pm

    ola fernando!!!
    beleza!!! otimo som!!!
    cara comprei um nigth train e pluguei numa caixa passiva de boutique marca bruschiamps de SC , ficou muito legal, unico problema e que mesmo tentando deixar o som bem limpo no modo bright ele parece sempre com um pouco de drive.
    alguma sugestao ou tua impressao é a mesma?
    ATT

    • Fernando permalink*
      March 27, 2011 7:15 pm

      Regenio, tudo bem?
      Olha, eu te recomendo trocar a válvula V1 (do pre) por uma 12AU7. Fiz isto no meu também, pois prefiro ele um pouco mais limpo.
      Você perde um pouco do volume final, mas não compromete.
      Abraço!

  3. Alvair permalink
    May 10, 2011 3:57 pm

    Valeu demais, Fernando!
    Espero que continue com os reviews, pois seus textos são sempre claros e relevantes pra quem busca por equipamentos.
    Mas, além de lhe parabenizar, queria esclarecer uma dúvida:
    O Night Train funcionará melhor com a caixa vendida como par ou posso adotar alguma opção mais barata sem perder a qualidade?
    Outra dúvida: o cabeçote tem alguma entrada para um pedal de Foot que poderia, por exemplo, alternar entre os modos brick/thick? Ou, caso não tenha, eu teria que me valer de algum pedal de efeito pra alternar a distorção no meio da música?

  4. Gil permalink
    September 6, 2011 10:06 am

    Cara valeu pelo review. Acabei de comprar um Egnater Tweaker conhece ? Estava entre ele e o Vox NT que ficou para trás por nao ter Send-Return. Só testei o Tweaker duas vezes porque minha caixa ainda nao ficou pronta mas confesso que já estou um tanto quanto decepcionado. Não sei se porque é minha primeira experiência com amp valvulado mas achei o amp muito sem “corpo”, talvez seja uma caracteristica de amp valvulado vintage. Sabe quando usando uma strato na 3º corda casa 12 ou 14 você aplica um bend e o grave vai subindo junto com o dedo(como em hendrix- Red House) ? Nele isso nao acontece, fica magro e sem grave. Já pensei em trocar as valvulas mas gostaria da opiniao de quem entende antes de fazer, talvez até venda o amp para pegar um blackstar ht 20. Você acha que estou procurando esse som na praia errada?

  5. April 16, 2012 8:51 pm

    cara, belo review! Parabéns estou buscando info sobre esse head que parece mto bom de timbre e de transporte tb! tks!!

    • Fernando permalink*
      April 23, 2012 2:30 am

      Valeu!
      Pesquise mesmo, é um ótimo amp!

  6. Manzatles permalink
    October 8, 2012 4:17 pm

    Oi Fernando, não sei se vc ainda lê esse tópico, mas queira saber se esse cara fala alto o suficiente pra usar em shows pequenos, curti muito o som dele e estava pensando em usar com 1×12

    • Fernando permalink*
      November 25, 2012 9:02 pm

      Fala Manzatles!
      Cara, ele tem volume para pequenos shows sim. Eu diria que, se você for tocar num local onde a bateria não precisa ser microfonada, então o Night Train é suficiente sem microfonação também.
      Só que talvez não será possível usa-lo com o som bem clean
      Abraço!

  7. gustavo vieira permalink
    February 17, 2013 10:39 pm

    depois de ver seus esses videos fiquei balançado… estou entre nigth e o ac15c1… ja testou o ac15? pode me dar uma opinião entre os dois? obrigado e parabéns pelos videos.

  8. March 7, 2015 2:11 pm

    Fala Fernando, comprei recentemente um NT 15 Vox, a versão pretinha, com 3 valvulas 12AX7 no pré e 2x EL84 no power… e estou atualmente considerando comprar válvulas sobressalentes pra uma troca, pois as que veio no meu Head é China, e eu gostaria de algo realmente tradicional. Neste caso, o que você me recomenda, ha alguma marca em específico pra deixar esse cabeçote ainda melhor?

    • Fernando permalink*
      March 7, 2015 2:50 pm

      Fala Saulo!
      Válvulas de marcas diferentes acabam tendo nuances de timbre diferentes. A mudança é sutil, mas perceptível, quando se trocam as válvulas mais genéricas por outras de boa qualidade.
      Eu uso bastante as JJ. São duráveis, e o timbre é muito bom. Tenho algumas válvulas de pré antigas, que uso em algumas situações, mas é mais uma sintonia fina mesmo.
      Outra coisa que você pode fazer é testar 12AT7 e 12AU7 na posição V1. Eles tem menos ganho que as 12AX7, e a combinação com seus pedais de drive pode ficar bem legal.
      Enfim, na minha opinião, ter várias válvulas sobressalentes nunca é desperdício. Sempre dá pra brincar com as combinações.
      Abraços

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: