Skip to content

Gibson ES-335 & Fender Blues Junior Tweed

July 8, 2010

.

Nesses últimos meses duas mudanças significativas ocorreram no meu setup. A primeira delas foi a troca da Epiphone Sheraton pela Gibson ES-335. A segunda foi a troca do Fender Blues Junior Tolex pelo Tweed.

A ES-335 é uma guitarra sensacional, atendeu perfeitamente às expectativas. Até fiz um blog dedicado ao modelo: http://www.gibson335.wordpress.com.

Já o Blues Junior Tweed veio por uma paixão pelo acabamento tweed, claro, mas principalmente pelo upgrade de alto-falante desta série. Enquanto nos Tolex o alto-falante é um Fender Special Design (fabricado pela Eminence), a versão tweed vem com um Jensen C12N.

A diferença de timbre resultante da troca do alto-falante é significativa. Fiz um teste comparativo e postarei em breve. De maneira geral, percebe-se mais graves e brilho na versão tweed, resultando num timbre mais macio que a versão tolex.

Como resultado, fiquei com uma combinação totalmente adequada para o blues. A ES-335 e o Blues Junior Tweed.  Tenho tirado timbres bastante interessantes com este setup, o que tem me deixado muito satisfeito.

No video a seguir, usei a Gibson ES-335 + Fender Blues Junior Tweed, com um Maxon OD-808. Normalmente eu uso a saturação do próprio amp, porém nesta gravação preferi usar o overdrive do Maxon.

Espero que gostem.

Valeu!

Advertisements
34 Comments leave one →
  1. ccrotti permalink
    July 12, 2010 5:34 pm

    Sou suspeito pra falar do Blues Jr, porque eu tive um Black tolex e sempre achei o ampli sensacional ! Funcionalidade perfeita para pequenos e até mesmo para lugares grandes. Talvez com o Blues Jr e minha Tele 52 eu tenha tirado o mehor timbre da minha vida !
    Agora a pergunta que não quer calar ! Você fez o Out Phase com o push Pull na 335 ?
    Parabéns pelo Blog !
    Abração

    • Fernando permalink*
      July 13, 2010 1:51 am

      Pois é, a combinação tele/BJ é boa demais!
      Quanto ao out-of-phase, ainda não fiz. Pura preguiça mesmo. Quando eu penso em tirar pots e chave pelo F-hole e cavidade do captador me dá até um frio na barriga.
      Mas vou providenciar isto porque estou sentindo MUITA falta do timbre out-of-phase.

      Grande abraço!

  2. Vinicius permalink
    July 31, 2010 7:01 pm

    Tudo bem cara? Descobri o seu blog por acaso e curti muito, o da es-335 tambem está muito legal.

    Vi que voce teve uma sheraton II e trocou os pots dela por
    CTS. Tenho uma dela que andou dando problema no switch e quero aproveitar e trocar toda a parte eletronica que é meia boca.

    Eu li que a maioria dos pots CTS são no padrão americano e é necessario aumentar os furos na guitarra e comprar novos knobs. Isso ocorreu pra voce?

    Se puder me ajudar agradeço, é sempre bom poder conversar com galera brasileira a respeito desse tipo de coisa.

    Alias, bela aquisição! gosto muito da minha sheraton mas tenho muita vontade de poder tocar em uma 335 um dia.

    Abraços

    • Fernando permalink*
      August 4, 2010 9:42 am

      Fala Vinícius!
      Sim, foi necessário abrir um pouquinho os furos. Não me lembro a diferença exata, mas não passava de alguns décimos de milímetro.

      Quanto aos knobs, eu os troquei também, mas por questão estética. Os antigos encaixavam nos pots CTS, é só questão de ajustar a extremidade da haste do potenciômetro.

      Abraço, e obrigado pela visita e comentário!
      Fernando

  3. Bruno Lopes permalink
    August 3, 2010 8:34 pm

    Olá irmão… me chamo Bruno Lopes… moro no R.J… acompanho sua página… acho vc um ótimo guitarrista…
    estou precisando de uma ajuda sua… É sobre a Fender Telecaster Am Vintage 52, que vc possui…
    comprei uma idêntica no fim do ano passado, e não fiquei satisfeito com o braço (neck), todo em maple…
    mas fiquei sabendo que tem como comprar, o braço pela internet, na versão USA “AMERICAN VINTAGE”,
    com 21 trastes, em maple e rosewood…
    Teria como vc saber o modelo ideal e dá alguma dica de loja, margem de preço, etc…
    Fico no aguardo… obrigado

    • Fernando permalink*
      August 4, 2010 9:53 am

      Olá Bruno!

      Cara, acho que antes de tudo seria interessante saber o que exatamente você não gostou no braço da sua 52RI. Não gostou da sonoridade da escala em maple? Ou é questão de conforto para tocar?

      No caso da troca de braço, a opçao mais próxima seria o braço das AV 62RI, que é em rosewood. Porém, um braço original deve estar custando na faixa de 350-400 dólares. Não acho viável, além de descaracterizar totalmente a sua AV 52RI.

      Se o problema for conforto, não pode ser por causa dos trastes baixos? Eu mesmo não gosto de trastes baixos, então fiz a troca na minha, colocando trastes 6105, que são finos e mais altos que os originais. Pro meu modo de tocar isso faz uma diferença absurda, melhorando muito o conforto e a facilidade em bends e vibratos.

      Aguardo um retorno seu para podermos desenvolver melhor uma solução para a sua questão.

      Abraço!
      Fernando

  4. September 22, 2010 7:41 pm

    Pô cara, achei seu blog navegando pela web e achei bem legal. Sou guitarrista também, toco blues e sou ligadaço em timbres, amplis, guitas. Voltarei mais vezes. Abraço.

    • Fernando permalink*
      September 22, 2010 11:24 pm

      Que ótimo, Rafael!
      Apareça sim, por esses dias já terei algumas novidades aqui.
      Abraço!

  5. Jao permalink
    September 28, 2010 1:35 pm

    Camarada,

    to pretendendo comprar uma 335, só que da Epiphone (DOT) (Não tenho grana para comprar uma gibson).

    Pretendo mudar os captadores para os 57 da Gibson.

    Pergunta:

    1. Que acha da DOT?
    2. da troca de captadores?
    3. E o que vc trocaria mais?

    Abraço

  6. fabio permalink
    January 21, 2011 10:56 am

    olá…tenho um fender blues deluxe 40w…gostaria de fazer rolo? pois preciso de um amp com menos potencia.

    • Fernando permalink*
      January 23, 2011 7:37 pm

      Olá, Fabio
      Te mandei um email a respeito.
      Abraço

  7. Diego Pinheiro permalink
    April 18, 2011 11:49 am

    Olá Fernando,

    pô cara vc consegue escutar legual o som desse amp, vc não acha muito baixo não? Eu to afim de pegar um pela portabilidade mas eu to muito preocupado com o som, o timbre é muito bom mas só ouvi na net…Desde já agradeço, um abraço..

    • Fernando permalink*
      April 18, 2011 11:54 am

      De maneira alguma. Este amp tem muito volume!
      Claro que isto depende a aplicação que você vai dar a ele, os locais que irá tocar, mas se possível vá até uma loja e teste um. Você vai ficar surpreso com o volume e headroom do Blues Junior.
      Abraço!

      • Diego Pinheiro permalink
        May 2, 2011 11:36 am

        Valeu Fernando,
        obrigado pela atenção..um abraço!

  8. Rodrigo permalink
    May 28, 2011 2:58 pm

    Caro Fernando

    Primeramente parabéns pelo site, pelo bom gosto musical e pelas pérolas, leia-se guitarras, que vc tem.
    Também sou guitarrista, porém amador. Na realidade um grande amante do rock n’ roll.
    Tenho algumas ” crianças ” aqui em casa tb. Tenho uma Gibson Les Paul Custom Ebony 90, Uma Fender Strato Lone Star, 2 Gretsch Eletromatic com ponte Bigsby, 1 Epiphone Sheraton II, e minha última compra: Rickenbacker 360/12 Fireglo, como a do George. Sou fã dos Beatles. Minto, fanático. Inclusive tive o privilégio de conseguir ir com minha banda tocar em Liverpool, no Cavern Club, durante a Beatle Week.
    Te escrevo porque sempre quis ter um 335. Seu site me ajudou a confirmar o desejo.
    Gostaria de saber, se não for te dar muito trabalho, qual das 335 é melhor, qual não devo comprar. Na net tem vários modelos. Em termos de cor queria uma Light Burst.
    Outra coisa, é que não acho aqui no Brasil. Como vc fez pra trazê-la?
    Grato

  9. Vitor Cesar permalink
    August 2, 2011 6:20 pm

    Boa tarde! Kra sou do RS e substitui a minha escolha q tinha a muito tempo de um JTM 30 da marshall pelo blues jr. tweed depois que vi q ele corresponde totalmente com o tipo de timbre que gosto, q é bastante brilho e tendo a possibilidade de saturação total apenas no amp e por ser de 15w tb que da pra aproveita toda saturação dele sem estar azucrinando de volume alto num bar…só me confirma se por ele se um fender valvulado e com falante de 12, ele realmente chega a um volume de uns 50w transistorizado como dizem…abraço! e parabéns pelo set…! Vitor

    • Fernando permalink*
      August 2, 2011 6:30 pm

      Obrigado pela visita, Vitor!
      Cara, esse tipo de comparação é complicada fazer pontualmente assim, por há varios tipos de amps transistorizados, onde uns acabam tendo mais volume que outros, assim como ocorre com valvulados.
      Mas eu diria que, de maneira geral, o Blues Junior tem volume suficiente para equivaler a um transistorizado de 50W sim.
      Abraço!

  10. December 14, 2011 6:28 pm

    fala mermao.. beleza? Muito boa sua pagina, gostei, sou dono de uma Tagima Blues 3000, estou relicando levemente ela, ta ficando bacana, proxima coisa a se fazer é o headstock preto e tarraxas tulipas da wilkinson, metais estao foscos e pintura descacada e envelhecida com pó de café. Porém gostaria de saber quais caps recomenda para manter o “ar” “vintage”? Acha uma boa coisa mexer numa guitarra assim? Pretendo pegar uma Squier strat deluxe, qual acham melhor?

    Por favor se puder contribuir agradeço;

    Reponda por e-mail se puder!
    vargascustom@hotmail.com

  11. Adilson. permalink
    December 28, 2011 5:02 pm

    Oi Fernando: muito legal e informativo seu blog, parabéns. Estou pensando em comprar um guitarra top de linha, mas estou com uma dúvida: meu gosto é bem eclético(blues, jazz, mpb, classic rock) e todos dizem que seria melhor uma Fender Strato pois é uma guitarra mais versátil. No entanto, gosto muito da ES335. O que você acha? Abração, Adilson.

    • Fernando permalink*
      December 30, 2011 12:11 am

      Fala Adilson!
      Olha, eu sinceramente não acho a Strato uma guitarra versátil. Tem um som legal, tem o diferencial das posições “in between”, mas não é uma guitarra que cabe bem em qualquer estilo. Sou mais favorável à ES-335, se for pra ter apenas uma guitarra top. Ou então, se há necessidade de single coils, uma Telecaster é uma boa pedida. A tele tem o estalado dos singles, mas um timbre bem mais encorpado no captador da ponte. Acho mais interessante.
      Abraço!

  12. Adilson. permalink
    December 30, 2011 9:02 pm

    Valeu Fernando, obrigado pela dica. Um grande 2012, com muita saúde, muito sucesso e claro, muita música. Abração.

  13. Adilson. permalink
    January 3, 2012 8:37 pm

    Oi Fernando, sou eu de novo. Achei esta es-335 no mercado livre:

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-212363768-gibson-es-335-cherry-dot-_JM

    Com relação à guitarra e ao preço, o que acha?
    Antecipadamente agradeço, Abração, Adilson.

    • Fernando permalink*
      January 3, 2012 8:42 pm

      Adilson, esta guitarra é justamente a minha. Vendi recentemente para pegar uma 63 RI, e a pessoa pegou para revender. Só tenho elogios para esta guitarra, ela está linda e soa muito bem. Apenas uma coisa: Pro meu gosto, eu colocaria de volta um par de 57 Classic, ao invés dos Burstbuckers. Acho que os 57 combinam melhor com a 335.
      Abraço!

      • Adilson. permalink
        January 3, 2012 9:13 pm

        Valeu Fernando, abração.

  14. Marcio permalink
    April 10, 2012 12:07 am

    Olá Fernando! Cara, sobre o blues junior tweed, dá pra tirar um clean num volume que aguente uma banda/bateria? Abs.

    • Fernando permalink*
      April 10, 2012 12:23 am

      Marcio, dá pra chegar a volumes bem consideráveis com o amp clean, ou levemente crunchado. Porém, depende muito do estilo da sua banda e do volume dos outros instrumentos. Abraço!

  15. Marcio permalink
    April 21, 2012 10:41 am

    Fernando, parabéns por teu site! Cara, e quanto ao 65 princeton reverb com jensen de 10. Será melhor que o B Jr tweed?

    • Fernando permalink*
      April 23, 2012 2:29 am

      Obrigado, Marcio!
      Quanto ao princeton reverb, eu não posso ajudar pois só conheço esse amp por gravações. Acho bem interessante o som dele, mas não tenho como comparar com o BJ.
      Abraço!

  16. Marcus permalink
    November 25, 2012 1:31 am

    e ai Fernando! tudo na paz? me diz uma coisa que achas do Od808 Maxon? quanto ai timbre em relação aos outros TS. ele é true bypass ou buffer?
    abração e vamos meter o rock!

    • Fernando permalink*
      November 25, 2012 9:00 pm

      Não é TBP, mas eu não vejo problema nisso.
      Ele é, sem sombra de dúvidas, o melhor TS-like que eu já tive ou toquei. O olha que foram muitos, viu.
      Quando eu pegar outro TS-like, certamente será ele novamente.
      Abraço!

      • Marcus permalink
        November 25, 2012 10:19 pm

        opa que maravilha! eu realmente não queria TBP pois ja tenho muitos pedais com esse circuito, e com buffer que uso só tenho meu velho TS9 Japan no inicio da cadeia.. que curto muito.. Enfim queria uma dica de TS com timbre fiel. Ja teve oportunidade de tocar em um TS9 keeley model? to aguardando um Keeley Blues Driver….acredito que seja profi tmbm! bom é isso por enquanto valeu brow! abrs!

  17. Alessandro Borges Cordeiro permalink
    January 5, 2014 3:48 am

    Prezado Fernando,

    Meu nome é Alessandro Borges, sou professor de violão da UnB. Descobri o seu blog porque recentemente adquiri uma ES 335 e nas pesquisas sobre a guitarra encontrei seus posts. Gostaria de ter uma opinião sua – pois voltei a tocar guitarra agora depois de muitos anos estudando e dando aula de violão clássico – vale a pena trocar o auto-falante original do Fender Blues Deluxe pelo Jensen C12N?

    Desde já agradeço a atenção!

    Alessandro

    • Fernando permalink*
      January 5, 2014 10:43 pm

      Boa noite, Alessandro!
      Sim, vale muito a pena fazer a troca de alto falantes. Eu já tive um Fender Blues Deluxe, e fiquei bastante desapontado com o som dele, justamente pelo alto-falante. Na ocasião, até fiz um teste trocando o original dele por um C12K, do Deluxe Reverb, e a diferença foi muito significativa. Mais claridade no som, médios e graves mais definidos, principalmente no canal drive. Enfim, na minha opinião, só há vantagens nessa troca.
      Abraço, e obrigado pela visita!

      • Alessandro Borges Cordeiro permalink
        January 6, 2014 12:30 pm

        Oi Fernando,

        Muito obrigado pela resposta! Parabéns pelos vídeos, pelos blogs (gosto muito do blog da ES 335) e pelas excelentes dicas aos leitores!

        Abraço,

        Alessandro

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: