Skip to content

Uma imagem

August 13, 2011

Advertisements
4 Comments leave one →
  1. Marcos Brun permalink
    November 12, 2011 12:31 pm

    Linda foto Fernando! De muito bom gosto. Gostei bastante dos números do knob em foco, contrastando com os desfoque dos headstocks alinhados ao fundo.

    Aproveitado, deixa eu te perguntar: Qual amp vc prefere Fender Blues Jr ou Peavey Classic 30? Eu escolhendo dentre estes dois amps eu estou em dúvida entre o drive do peavey e o clean do Blues Jr. Nos teus vídeos ambos soam ótimos e dá vontade de ter os dois, hehe.

    Abraço

    Marcos

    PS.: se quiser vender sua Gibson 1998 me chama.

    • Fernando permalink*
      November 14, 2011 11:57 pm

      Obrigado, Marcos!
      Olha só, esses dois amps tem características um tanto distintas. Diria que vai depender mais da aplicação que você terá pra ele.
      Eu, particularmente, prefiro o Blues Jr. Mas o tweed. O pretinho não me agradou, eu não teria outro novamente. Já o tweed, com falante Jensen, tem o som lindo, e eu recomendo fortemente.

      Quanto à Gibson, vamos ver hehehe

      Abraço!

  2. André Ferro Schwarz permalink
    December 30, 2011 12:00 am

    Olá Fernando,

    Comprei um Hot Rod Deluxe e me arrependi por ser muito potente para o que eu faço, já que toco muito em casa e em ensaios com minha banda. Logo, pelo fato de ser meu único amplificador, não pensei duas vezes e liguei na importadora para efetuar a troca do HTD por um Fender Blues Jr. NOS Tweed que ainda não chegou. Deste modo, eu gostaria de saber como este pequeno notável se comporta em shows de pequeno porte e microfonado em shows de maior magnitude.

    Abraços e Parabéns pelos ótimos vídeos e sons postados neste Blog.

    • Fernando permalink*
      December 30, 2011 12:20 am

      Fala André!
      Obrigado pelos elogios. Vou voltar a postar regularmente, pois tenho bastante material pra publicar. Só estava me faltando tempo hehe
      Quanto ao Blues Jr., acho que você fez um excelente negócio. O hot rod é um bom amp, claro, mas o voicing desses falantes “Fender Special Design” deixa muito a desejar. O Blues Jr. Tweed, com o falante Jensen, é um amp pronto. Para shows maiores, microfonar é uma solução tranquila. Em um palco normal, você ouvirá o amp numa boa, e o público pelo PA. Se for um palco em local aberto, você pode ter dificuldade para ouvi-lo dependendo da sua posição no palco. Porém, como ele estará microfonado, é só colocar o som da guitarra nos sides ou monitores. Isso é algo que é natural ser feito até para amps de maior porte, com o BJ não seria diferente.
      Ele tem um headroom considerável e fala bem alto. Dependendo do som que você toca, segura ensaios e shows em locais pequenos e médios numa boa, sem precisar de microfonação.

      Dê um feedback do que você achou do amp, é legal saber mais opiniões!

      Abraço!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: